MATÉRIAS PUBLICADAS

DeLorean - Ícone - História

DeLorean - Ícone - História

O Criador e Fundador: John Zachary DeLorean (Detroit6 de janeiro de 1925 — Summit - Nova Jersey19 de março de 2005) foi um empresário e engenheiro estadunidense da indústria automobilística, fundador da DeLorean Motor Company.

Em 1975, John DeLorean fundou a DeLorean Motor Company Ltd. com um objetivo em mente: "Desenhar e construir um carro que deve ser tão seguro quanto possível, confiável, confortável, prático e bem construído, que tenha um grande prazer ao dirigi-lo e com uma inconfundível elegância em sua aparência."

Biografia

John Zachary DeLorean nasceu em 6 de janeiro de 1925 em DetroitMichigan, sendo filho de uma família de classe média baixa dos Estados Unidos. John era o maior dos quatro filhos de Zachary DeLorean e Kathryn Pribak.[1] Seu pai, Zachary (nascido Zaharia) era um imigrante da Romênia, originário de Șugag (distrito de Alba).[2] Zachary era o maior de treze irmãos e partiu para os Estados Unidos aos vinte anos. Ele passou um tempo em Montana e Gary, Indiana, antes de se mudar para Michigan. Na época em que seu filho John nasceu, ele encontrou um emprego como delegado sindical na fábrica da Ford Motor Company perto de Highland Park (Michigan).

A mãe de John, Kathryn, era uma imigrante da Áustria-Hungria que trabalhava na divisão de metal duro da General Electric. Em 1942, Kathryn se divorciou de Zachary.

Segunda Guerra Mundial interrompeu os estudos de John DeLorean. Em 1943, DeLorean foi recrutado para o serviço militar e serviu por três anos no exército dos Estados Unidos. Após a guerra, John DeLorean continuou estudando e formou-se em engenharia mecânica. Por toda a sua vida se envolveu com a indústria automobilística. John logo entrou para o mundo dos carros, começando na Chrysler em 1952 e, depois, indo para a Packard. Após sua entrada na General Motors, em 1956, o nome DeLorean começou a ganhar força. Cedo em sua carreira foi chamado para ser o engenheiro chefe da Pontiac. Ficou conhecido por ter trazido a vida o Pontiac GTO em 1964. DeLorean teve uma brilhante carreira na Pontiac, e em 1969 foi promovido para Gerente Geral da Chevrolet. Nos poucos anos seguintes, ele fez evidentes melhorias para a área de design e qualidade da Chevrolet. Então em 1973, DeLorean foi promovido para vice-presidente das divisões de automóveis e caminhões da General Motors americana. Ele foi indicado para ser o próximo presidente da GM, mas devido a constantes desavenças com a administração da GM, ele saiu da empresa em 1973.

Livre da GM, em 4 de outubro de 1975 DeLorean fundou a DeLorean Motor Company para tentar realizar seu sonho de tornar o DeLorean DMC-12 uma realidade, encabeçando um império de negócios financiado por US$ 500 milhões de outras pessoas. Começou contratando os melhores engenheiros, designers, e a construir sua fábrica em Dunmurry, perto de BelfastIrlanda do Norte (a fábrica ia ser em Porto Rico, mas a Grã-Bretanha ofereceu mais dinheiro). Contou com a ajuda de Colin Chapman, da Lotus, no desenvolvimento do carro, e de Giorgetto Giugiaro (o mesmo que criara os modelos BMW NazcaLotus EspritVolkswagen GolfFiat Uno e o novo Fiat Palio), da Italdesign Giugiaro, no design do carro. DeLorean planejou estrear o carro em 1979, mas ele fez sua estreia em 1981.

Há muitas contradições sobre a falência da DeLorean Motor Company Ltd (na verdade ela entrou em concordata). John Z. DeLorean numa armação mal esclarecida foi acusado pelo informante do FBI James Hoffman de se associar com o traficante William Hetrickde para traficar cocaína no valor de US$ 25 milhões numa suposta tentativa para salvar o seu sonho. DeLorean foi preso num hotel de Los Angeles, ficou detido na cela 2 B4 da prisão conhecida como casa de vidro, acabou solto dez dias depois por falta de provas. O seu julgamento terminou com um veredito de inocência em agosto de 1984, quando o DMC já havia fechado e a sua reputação estava arruinada.

Na véspera do Natal de 1982, o DeLorean DMC-12 saiu de linha para entrar na História do automóvel, se tornou um mito e recebeu a glória em Hollywood na trilogia De Volta Para o Futuro.

John Zachary DeLorean é considerado um dos maiores aventureiros que já teve na indústria automobilística mundial, assim como Preston Tucker. Uma curiosidade: seu carro era um Acura NSX (ou Honda NSX) amarelo.

Últimos projetos

Em 1 de novembro de 1994, John DeLorean registrou a patente nº 5.359.941[3] com o Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos para um monocarril de transporte.

Nos anos anteriores à sua morte, DeLorean planejou ressuscitar sua empresa de automóveis e deu entrevistas descrevendo um novo veículo chamado DMC2. De acordo com sua família, ele passou muito tempo em seus últimos anos trabalhando neste novo projeto.[4]

Na época de sua morte, DeLorean estava trabalhando no projeto de uma empresa conhecida como DeLorean Time,[5] uma empresa que venderia relógios de pulso de alta gama, mas a morte de DeLorean causou a dissolução da empresa.

Vida pessoal

De acordo com sua autobiografia, tanto John DeLorean quanto sua ex-esposa Cristina Ferrare tornaram-se cristãos renascidos após o caso do tráfico de drogas. DeLorean foi casado quatro vezes.[6] Seu primeiro casamento foi com Elizabeth Higgins, em 3 de setembro de 1954, e ele se divorciou em 1969. Mais tarde, DeLorean casou-se com Kelly Harmon (irmã do ator Mark Harmon) em 31 de maio de 1969 e se divorciou em 1972. Seu terceiro casamento foi com a modelo Cristina Ferrare, em 8 de maio de 1973, que terminou em divórcio em 1985. DeLorean foi casado com Sally Baldwin até a morte dele em 2005. Teve dois filhos: Zachary e Kathryn e morava em Nova Jérsia.

Quando o filme Back to the Future foi lançado em 1985, John DeLorean escreveu uma carta ao produtor Bob Gale, agradecendo-o por usar seu carro no filme.[7]

Em 1999, DeLorean declarou falência pessoal após mais de quarenta casos judiciais desde a quebra da DeLorean Motor Company. Ele teve que vender a sua casa num terreno de 200 hectares; a propriedade acabou sendo adquirida por Donald Trump onde foi construído o Trump National Golf Club, local que ele visita frequentemente mesmo depois de se tornar presidente dos EUA.

Morte e legado

John DeLorean faleceu no Hospital Overlook em Summit (Nova Jérsia) na noite de 19 de março de 2005, aos 80 anos, devido a um acidente vascular cerebral. Suas cinzas foram enterradas no cemitério White Chapel, em Troy (Michigan), a pedido de sua família e, de acordo com a tradição militar, ele foi sepultado com todas as honras militares por seus serviços na Segunda Guerra Mundial.

Em 1997, um inglês chamado Steve Wynne comprou os direitos da DeLorean Motor Company, um estoque de peças e um armazém da mesma em Houston (Texas) e arranja e vende DMC-12 restaurados

 

Fonte: Wikipedia

 

____________________________________________________________________________

 

O Carro: DeLorean

 

A original DeLorean Motor Company (DMC) foi uma empresa automobilística estadunidense fundada por John DeLorean em 1975. A companhia fabricou apenas um modelo, o DeLorean DMC-12, entre janeiro de 1981 e dezembro de 1982, ano de falência da empresa.

Apesar da sede da empresa ser em DetroitEstados Unidos, a fábrica se localizava em DunmurryIrlanda do Norte (um subúrbio da capital Belfast). O DeLorean ficou mundialmente conhecido por ter sido usado na trilogia Back to the Future (br: De volta para o Futuro — pt: Regresso ao Futuro) de 19851989 e 1990, com os atores Michael J. Fox e Christopher Lloyd.

 

A atual DMC

Em 1995, o mecânico Stephen Wynne, de Liverpool, começou uma empresa distinta, usando a mesma designação "DeLorean Motor Company", e logo depois adquiriu o estoque de peças restantes e o logotipo estilizado da marca registrada, "DMC". A atual DeLorean Motor Company está sediada perto de Houston e nunca esteve ligada à empresa original, mas apoia os proprietários do DMC-12.

No final de 2008, a DeLorean voltou a produzir os carros, com as mesmas características (motor, câmbio, medidas etc). A empresa também iniciou um pacote de customização e uma opção de motor mais potente.[2]

O DMC-12

 
DeLorean DMC-12

O DMC-12 tinha um preço por volta de US$ 25.000 e tinha como característica as portas asa-de-gaivota, motor traseiro, vigia traseira em persianas (copiada do Lamborghini Miura e do Lancia Stratos), e a carroceria de aço inoxidável. O interior era disponível em preto ou cinza, com bancos de couro, vidros verdes e espelhos elétricos, ar condicionado, painel completo e coluna de direção ajustável.

No conceito de John DeLorean o DMC-12 era o "carro ético", produzido para ter vida longa e dar muita segurança aos seus passageiros. Os painéis exteriores de aço inoxidável (oito vezes mais caro que o aço estampado comum) são fixados com parafusos, preferidos em lugar de solda, para facilitar reparos. As portas asa-de-gaivota foram escolhidas por motivo de segurança (têm menor tendência a se obstruir em uma colisão) e por motivo de estética, pois dava um toque diferente ao carro.

O DMC-12 era relativamente fácil de manter, graças a peças comuns a vários modelos do mercado europeu, encontradas sem problemas até hoje. O aço inoxidável de sua carroceria não precisa de pintura ou cera, a única preocupação eram os arranhões, elimináveis com a ajuda de uma escova de palha de aço especial. O espaço interno é amplo, reflexo direto do tamanho de seu criador, um homem de 1,93 m de altura.

O aço inoxidável fazia de John DeLorean um pouco parecido com Henry Ford, que não admitia outra cor para seus carros que não o preto: o DMC-12 pode ser escolhido na cor que o proprietário quiser, desde que seja o aço levemente amarelado, cujos tons variam suavemente com a luz do céu.

As vendas iniciais do DMC-12 foram boas. Mas em 1982, as vendas caíram drasticamente e forçou DeLorean a procurar apoio financeiro. Não sendo capaz de fazer mais nada, a DeLorean Motor Company Ltd foi à falência em 1982. A DeLorean Motor Company Ltd produziu aproximadamente 9200 unidades do DMC-12 entre 1981 e 1982 (alguns modelos de 1982 foram produzidos como Ano/Modelo 1983).

Um número muito grande dos carros originais ainda está nas ruas, passados mais de 30 anos das últimas unidades fabricadas. A maioria das estimativas calcula que cerca de 6500 carros sobreviveram, dos 9200 produzidos. Há uma comunidade muito ativa hoje em dia em torno dos carros, com clubes e proprietários apaixonados.

 

 

 
De Lorean DMC-12 com as portas abertas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DeLorean Motor Company
Atividade Automobilística
Fundação 4 de outubro de 1975
Fundador(es) John DeLorean
Encerramento 1982
Sede DetroitMichiganEstados Unidos
Dunmurry, Irlanda do Norte
Website oficial www.delorean.com

 

Fonte: Wikipedia

nossas homenagens e considerações aos idealizadores da materia.

todos os fãs agradecem.

fica aqui nossa contribuição.




< Voltar

Copyright 2021 - Rádio Voz da Alvorada